# 11 – The eternal, Joy Division

2 07 2009

The eternal

Procession moves on, the shouting is over,
Praise to the glory of loved ones now gone.
Talking aloud as they sit round their tables,
Scattering flowers washed down by the rain.
Stood by the gate at the foot of the garden,
Watching them pass like clouds in the sky,
Try to cry out in the heat of the moment,
Possessed by a fury that burns from inside.

Cry like a child, though these years make me older,
With children my time is so wastefully spent,
A burden to keep, though their inner communion,
Accept like a curse an unlucky deal.
Played by the gate at the foot of the garden,
My view stretches out from the fence to the wall,
No words could explain, no actions determine,
Just watching the trees and the leaves as they fall.

Ian Curtis
___________________
O eterno

Segue a procissão, finda a gritaria,
Enaltecem a glória de amadas pessoas finadas.
Falando em voz alta enquanto sentam-se à mesa,
Distribuindo flores lavadas pela chuva.
Parado diante do portão, em frente ao jardim,
Observando-os passar, como as nuvens no céu,
Tento me gritar, no calor do momento,
Possuído por uma cólera que me consome por dentro.

Choro como uma criança, mesmo envelhecido pelos anos
Desperdiço o meu tempo com minha prole
Um fardo a carregar, apesar do vínculo familiar
Aceito um acordo infeliz como uma maldição.
Representado em frente ao portão, diante do jardim
Minha vista alcança para além da grade, o muro,
Palavra alguma pode explicar, ação alguma determinar
Apenas observo as árvores e as folhas a cair.

Traduzido por Wagner Miranda

Anúncios

Ações

Information

4 responses

2 07 2009
L.M.

Rapaz, tinha esquecido do desolamento que essa letra pode causar (já não bastasse o clima fúnebre da música). Uma das coisas mais assustadoras que eles fizeram, sem dúvida. Belo trabalho, Mr. Mirands!

5 07 2009
Beatriz Galvão

Bela tradução, Wagner!
Sobre a felicidade total e suas impossibilidades, eu falo tb num artigo denominado “As possibilidades do Amor pós-moderno”, no Insólita Insone.

Estou aqui para retribuir a visita ao meu blog!
Um abraço e volte sempre,
Beatriz

6 07 2009
Bd

muito bom wagner! ‘the eternal’ (uma das minha preferidas do joy) foi minha trilha sonora por um bom tempo… fim dos anos 80… abrss!

16 07 2009
Olga Costa

Bravo, dear! Bravíssimo!
Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: